Resenha : Jogos vorazes Suzanne Collins

Olá , gente!
Hoje eu vou resenhar um livro que eu particularmente adorei , Jogos vorazes.
Apesar de ser uma série eu só li um livro , o primeiro , e achei bem legal .

 O livro começa com Katnis contando sobre como foi sua vida até a entrada nos jogos. Seu pai morreu em um acidente nas minas , então ela precisou assumir a casa cuidar de sua irmã Prim e sua mãe caiu em depressão, fala sobre seu amigo Galle e como eles caçam. 
Chega então o dia da colheita . A muito tempo atrás a América do Norte foi destruída , então surgiu Panem , composta de 12 distritos (onde o 13 foi dizimado), todo ano eles fazem um jogo , com um casal ,entre 12 e 18 anos , de cada distrito para demonstrar o quanto eles tem a agradecer á capital . Quem sobrevive ganha uma casa separada e em um lugar especial no seu distrito e uma grana, mais só um pode vencer , todos os outros morrerão.
 Começa então o sorteio de quem irá participar , e mesmo com o minimo de chances , Prim é sorteada. Kat fica desesperada e não deixa a irmã participar , ao invés disso , ela se atira no palco e se candidata. Ela participará dos jogos , com quem a muito tempo salvo-a Peeta Merlark.

Chegando ao trem que os levará á capital ela conhece Cinna ( um designer incrível), ai começam os treinos , entrevistas , testes e tal , tem bastante coisa que a Katniss adora , comidas luxuosas , muita tecnologia e todo estrelismo dado a eles.
Após toda preparação , eles vão para o desfile de apresentação dos tributos e o distrito doze arrasa , eles chamam atenção total , principalmente Kat com um vestido fabuloso. Depois de rolar a entrevista e o teste, chega a hora  da arena .

Começa a rolar maior ação , apesar de eu achar que Katniss tinha que se mover mais , cria algumas espectativas que chocam mesmo sendo esperado . A Katniss é muito inteligente e astuta , e o Peeta é um fofo (adorei ele) , e o pior , tudo passa ao vivo na televisão e é manipulado pela capital.
 O livro meche bastante com política e eu me emocionei com a história de Kat , tadinha quase morreu de fome!
Bem , espero que os outros livros sejam tão bons quanto o primeiro , e me faça virar noites pensando neles ! Ainda não vi o filme , mais to ansiosa agora.

Beijos !
Amy *-*


Resenha : A cabana - William P . Young

Olá gente !

Faz aproximadamente 1 semana que terminei de ler a cabana.
 Eu li esse livro em duas semanas e meia , para ser mais exata, e foram as semanas de leitura mais intermináveis da minha vida.
 Após meses lendo os livros gigantes e complexos (muitos mistérios para descobrir haha' ) de Dan Brown eu pensei , vou ler um livro mais light para dar um sono de beleza aos meus neurônios, eu tinha uma leitura escolar para fazer por isso li Iracema e fiquei meio entediada ( mais isso é outra história) comprei jogos vorazes mais não deu certo ( também outra história : D ) e enfim comprei a cabana.
 A cabana era um livro que eu queria ler a muito tempo, todos os meus amigos diziam que era lindo, que mudou a vida deles , que tinha uma grande mensagem. Realmente o livro passa uma grande mensagem , só o amor cura , perdoa , dá paz e felicidade , mais também , essa é a única mensagem do livro.



Título : A cabana
Páginas: 232
Editora: Arqueiro 
Escritor : William P. Young
Sinopse 

 "Durante uma viagem de fim de semana, a filha mais nova de Mack Allen Phillips é raptada e evidências de que ela foi brutalmente assassinada são encontradas numa cabana abandonada.
Após quatro anos vivendo numa tristeza profunda causada pela culpa e pela saudade da menina, Mack recebe um estranho bilhete, aparentemente escrito por Deus, convidando-o para voltar à cabana onde aconteceu a tragédia.
Apesar de desconfiado, ele vai ao local do crime numa tarde de inverno e adentra passo a passo no cenário de seu mais terrível pesadelo. Mas o que ele encontra lá muda o seu destino para sempre.
Em um mundo tão cruel e injusto, A cabana levanta um questionamento atemporal: se Deus é tão poderoso, por que não faz nada para amenizar o nosso sofrimento?

"Esta história deve ser lida como se fosse uma oração – a melhor forma de oração, cheia de ternura, amor, transparência e surpresas. Se você tiver que escolher apenas um livro de ficção para ler este ano, leia A cabana." - Michael W. Smith

A história , como diz na sinopse , começa com o amigo de Mack , Willie, falando sobre o que acontecera com ele após todo o ocorrido que seria descrito no decorrer do livro , eu me empolguei bastante com o inicio de Willie. Logo no capítulo 1 , Mack recebe uma carta assinada como papai, que é como Nan sua esposa chama Deus, e sabe lá Deus porque mesmo ele não acreditando muito, ele vai ao encontro de Deus e volta a cabana onde tudo ocorreu . Antes de tomar essa decisão ele relembra tudo que aconteceu ( essa parte é bem legal e muito fofa ) conta sobre o momentos antecedentes ao desaparecimento de Missy e tal , e parte para a cabana após a esposa ir visitar sua irmã. 
 Chegando á cabana, Mack encontra uma moça negra  e alta que é descrita em situações como escutando canções de rock , cozinhando , eu achei essa descrição de Deus um pouco pertubadora porque primeiro o descreve como mulher e eu não creio que Deus escute rock ou participe de qualquer evento criado pelo ser humano, mas tudo bem, então surge Sarayu  que no caso é o espirito santo , uma pessoa diferente porém alegre que coleciona lágrimas ( também achei as passagens dela bem legais) e então Jesus um pouco descontraído demais dizendo que ele tem viver como homem usando camisetas e dizendo que igrejas não são coisas divinas, tirando isso, ele se encaixa ao Jesus que nós conhecemos.
 A partir começa o desenrolar da história , sem sal , Mack ele não acreditava praticamente em Deus e aceitou (apesar das perguntas ) tudo facilmente , coisa que não aconteceria na realidade, o livro diz o tempo todo que nós não precisamos fazer nada somente amar a Deus , acreditar no amor ,que quando isso acontecer viveremos em sua graça.  
 Começa uma história entediante e de mesmice, onde Mack tem que aprender lições , fazer tarefas diárias que o levaria ao crescimento espiritual.
 No fim Deus se torna homem, uma linda cena é descrita , de alguma que eu não vou dizer ele tem contato com Missy . E o fim , fim mesmo me decepciona profundamente , não contarei porque mais não faz sentido . 

Enfim , parte que eu mais gostei do livro , partes da Missy ou seja o ínicio ,as frases a cada capitulo tem uma frase bem legal. 

Nota de 0 á 10 : 3 ( e agradeça a Missy, William )

Foi isso , não foi o pior , não foi o melhor, não foi o do ano se quer o do mês , foi a leitura light até demais , que me deu ,sei lá, 30 paginas de alegria.

Bjos XO até a proxima.