quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Resenha O caminho - Richard Paul Evans


The Walk 2

Alan Christoffersen, um publicitário bem-sucedido, acorda uma manhã e encontra-se ferido, sozinho e preso a uma cama de hospital em uma pequena cidade de Washington. Ele já havia passado por situações extremas quando decidiu atravessar o estado de Washington. Em busca de respostas, essa longa caminhada poderia ser um recomeço para sua vida. Mas, quando encontra-se imobilizado, ele percebe o quanto a vida ainda tem a lhe mostrar e ensinar.
A segunda jornada da série Walk traz ainda mais lições para um homem que busca incansavelmente por esperança e que está disposto a retomar a sua vida de onde parou. Um romance inspirador sobre a esperança e o significado da vida.


Título Original : Miles To go         
Autor: Richard Paul Evans
Editora: Lua de Papel
Páginas: 292
Isbn: 9788581780337
Ano: 2012

O caminho continua a contar a jornada de Alan, que após a morte de sua esposa e o fim de sua empresa decide abandonar tudo e atravesar o país até a Florida.
No fim do primeiro livro Alan conhece uma mulher chamada Angel, que após ser esfaqueado ela aparece para cuidar dele. No segundo livro ela aparece em boa parte do livro e eles se tornam ótimos amigos.

" As pessoas não são feitas para viverem sozinhas. Até em meio á população estressada das prisões o confinamento na solitária, ainda é considerado uma punição cruel." Pág. 85 

 Angel leva Alan para sua casa e cuida dele com todo cuidado, eles se tornam grandes amigos, porém um dia Angel chega bem mal humorada e Alan a escuta chorar durante a madrugada.
 No outro dia aparece uma senhora procurando uma tal de Nicole e Alan diz que ela não mora ali. Com Angel cada vez mais nervosa e outras pessoas procurando por Nicole, Alan desconfia que Angel possui um segredo, quem diria que aquele doce de mulher teria um passado tão triste.

" Nós, humanos, nascemos egocêntricos. O céu troveja e as crianças acham que Deus está zangado como elas por algo que fizeram. Os pais se separam e as crianças acham que é culpa delas, por não terem se comportado bem. Crescer significa deixar de lado nosso egocentrismo pela verdade. 
 Ainda assim, algumas pessoas se atêm a essa postura mental. Por mais doloroso que seja um autoflagelo, elas preferem acreditar que a crise é culpa delas, para acreditarem que têm o controle. Ao fazê-lo, elas se tornam tolas e falsos deuses." Pág. 110

 Depois de descoberto o segredo de Angel e recuperar-se, Alan decide continuar sua caminhada.
 Logo no seu primeiro acampamento, ele presencia um grupo de garotos fazendo Bullying com uma adolescente e a defende. Kailamai ( a jovem) e Alan se tornam parceiras de caminhada. Depois de muitas passagens emocionantes Alan continua sua caminhada sozinho.

" - Quase não tem consequência nesse mundo. Consequência alguma. Você não desistiu e isso é que vale. - Ele pousou o seu garfo e se inclinou á frente - Você sabe porque os homens escalam montanhas?
 Olhei para ele inexpressivo- Por que elas estão ali? ..."

Esse livro é bem mais emocionante que o primeiro, eu adorei a amizade entre Angel e Allan. E quando Angel começa a se recuperar, eles reunem os vizinhos para a ação de graças, foi tão legal ver todas aquelas pessoas carentes e sozinhas se ajudando e a felicidade do grupo. Kailamai também me conquistou com suas piadas clichês e disposição.

" ... - Porque o vale é para cemitérios. Ás vezes, quando a tragédia chega, as pessoas desistem da esperança achando que não têm mais nada na vida, quando a verdadeira busca é descobrir o que a vida espera delas. Isso faz algum sentido? 
 - Faz sentido - respondi . " Pag. 147


 Esse livro mais do que nunca me lembrou que atrás do sorriso e da bondade até dos mais jovens quase sempre existe uma lágrima e um sofrimento terrível e que mesmo assim isso não é motivo para deixarmos de ser feliz. Junto com o Alan descobrimos coisas para nós mesmos, esse é o primeiro livro "espiritual" que eu gosto e já vou comprar outros livros do Richard.


E ai gostaram? Comentem, deixe-me saber sua opinião.

Beijos! Até a próxima resenha.
Amy Xo




2 comentários:

  1. Agora entendi pq o livro se chama "O Caminho" o coitado do Alan andou muito para chegar onde precisava xDDD

    Achei o livro mais bem tocante, ele faz amizade e aprender com elas... mas o que ele poderia encontrar infelizmente parece que não depende de ninguém xDDD

    Ótima resenha Amy, não li o primeiro livro.. mas vou procurar vê se vc fez resenha anterior dele... quem sabe eu não ganho uma certa promoção rsrsrsrs e consigo ler o livro!


    bjokas flor e até breve!

    Roberta Sheyler

    http://sonhosliterario.blogspot.com.br/2013/01/1-promocao-de-2013-caia-na-folia.html

    ResponderExcluir
  2. Ta aqui a resenha do primeiro livro . http://heiime.blogspot.com.br/2013/01/resenha-o-encontro-richard-paul-evans.html

    Tomara que você ganhe hahaha' eu quero o lado bom da vida !!
    Bjoss

    ResponderExcluir